lixo

Preocupada com a problemática do lixo marinho, a Ekman formou uma parceria com a Associação Brasileira de Lixo Marinho (ABLM – http://www.globalgarbage.org.br/portal/ ). Uma das campanhas promovidas pela ABLM é a do Beat the microbead (micropartículas plásticas usadas em cosméticos).

As micropartículas plásticas ou microesferas são amplamente encontradas em produtos de higiene pessoal, tais como esfoliantes e cremes dentais. Após o uso desses produtos, as microesferas fluem através dos sistemas de esgoto em todo o mundo. As estações de tratamento de água não são projetadas para filtrar as microesferas, além disso, muitos países não têm a infraestrutura para o tratamento completo de águas residuais. Assim, as microesferas acabam entrando no ambiente marinho, onde contribuem para a sopa de plástico (plastic soup).

Questionamentos sobre a extensão do problema em termos de impactos para a biodiversidade marinha e as implicações associadas para a saúde humana vêm aumentando, juntamente com o número de programas que estudam esta problemática. Atualmente, existem listas de produtos onde é possível verificar se há a presença de microesferas. No Brasil esta lista ainda está em desenvolvimento, porém já pode ser acessada nos seguintes links:

Lista Vermelha: Este produto contém microesferas (http://www.beatthemicrobead.org/images/pdf/red-brazil.pdf).

Lista Laranja: Este produto ainda contém microesferas, mas o fabricante indicou que irá substituí-las em um determinado prazo ou, então, adaptar o produto (http://www.beatthemicrobead.org/images/pdf/orange-brazil.pdf).

Lista Verde: Este produto está livre de microesferas plásticas (http://www.beatthemicrobead.org/images/pdf/green-brazil.pdf).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *