rota-tartarugas2

 

Indivíduos da espécie Cabeçuda tiveram sua localização mapeada por pesquisadores do NOAA’s Southeast Fisheries Science Center. O estudo foi realizado através de monitoramento por satélite, o mesmo sistema utilizado em nossos derivadores oceânicos!

Como tudo no oceano é integrado, a rota das tartarugas marinhas segue, em parte, o padrão do giro oceânico subtropical. Sendo este um grande sistema de correntes oceânicas que giram sentido horário no Atlântico Norte.

Veja a notícia completa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *